General Motors

Unidade de tratamento de efluentes e reciclagem de água

Cidade: Joinville – SC

País: Brasil

Segmento: Automotivo

Contexto: Nova unidade fabril da GM em Joinville. É a primeira automotiva que possui a certificação LEED no Brasil.

Solução: Sistema de tratamento biológico por tecnologia “Wetland” e reciclagem de 75% de água por osmose reversa.

Tecnologias e Descrição do Sistema: O processo biológico para o tratamento do efluente sanitário é baseado na tecnologia de Wetland, onde o efluente passa pelas raízes de plantas num Jardim Filtrante onde estão alocadas as colônias de microorganismos que depuram a matéria orgânica, sem a necessidade de aeração forçada, reduzindo a quase zero o consumo de energia.

Após o processo biológico, o efluente passa por uma etapa de desinfecção e segue para a etapa de polimento físico-químico, para remoção de cor e sólidos suspensos.

Em seguida, ocorre a filtração da água clarificada em duas etapas: 1- filtro de areia e 2- filtro de carvão ativo. Com o intuito de se obter uma maior recuperação de água de reúso, submetemos a água a uma etapa de abrandamento por resinas de troca iônica.

A água resultante, já sem dureza é encaminhada a última barreira de proteção às membranas de osmose reversa, que é a microfiltração para retenção de sólidos maiores que 10 micras.

Após a MF a água passa pelo sistema de Osmose Reversa onde é possível recuperar 80% do efluente gerado pela fábrica.

A água permeada possui condutividade abaixo de 50MS/cm e é reutilizada em sistemas de resfriamento da fábrica e o rejeito (água pura, porém com alta salinidade) é descartado na rede coletora da concessionária municipal.

SiteLock