23 jan 2018

Os benefícios do carvão ativado no tratamento da água industrial

O uso de carvão ativado no tratamento da água vem crescendo muito desde os anos 70, quando surgiu uma maior pressão das autoridades sanitárias em relação ao tratamento e qualidade da água que é distribuída aos consumidores.

Ele é o adsorvente mais poderoso do mundo e um dos meios mais eficazes para a remoção de uma vasta gama de contaminantes de águas residuais industriais e municipais.Conheça, a seguir, as etapas de tratamento da água e os benefícios do uso do carvão ativado.

Remoção de matéria orgânica

Quando a água passa por um filtro de carvão ativado, as partículas orgânicas e produtos químicos ficam presos em seu interior, através de um processo conhecido como “adsorção”. O processo de adsorção depende de 5 principais fatores:
  1. Propriedades físicas do carvão ativado (área de superfície e distribuição do tamanho do poro);
  2. Composição química da fonte de carbono (quantidade de hidrogênio e de oxigênio);
  3. Composição química e a concentração do contaminante;
  4. PH e temperatura da água;
  5. O período de tempo que a água é exposta ao filtro de carvão ativado (chamado leito vazio por tempo de contato).

Propriedades físicas do carvão que afetam o tratamento da água

O tamanho e a distribuição dos poros têm o maior impacto sobre a eficácia da filtração com carvão ativado. A melhor filtração ocorre quando os poros de carbono são suficientemente grandes para permitir a adsorção dos contaminantes.
O tipo de contaminantes que um filtro de carvão ativado atrai dependerá do tamanho do poro do filtro, o que varia com base no tipo de carbono utilizado e do método de ativação. Filtros de carvão ativado tendem a trabalhar melhor para a remoção de produtos químicos orgânicos com moléculas maiores.

Formas de se utilizar o carvão ativado

Há duas formas de se empregar o carvão ativado, para tratamento de água. A primeira é em forma granular, o qual será empregado em filtro multimídia – tipicamente um filtro de leito – substituindo seu interior. A vida útil é proporcional à concentração de contaminantes existentes na água, e o carvão ativado granulado pode ser reativado através da oxidação térmica, que permite que seja usado várias vezes.
Outra forma de uso é com o carvão em pó, onde esta será aplicado diretamente no fluxo do processo de tratamento. Essa forma de aplicação não possibilita sua reativação, sendo assim o carvão é eliminado junto com o rejeito, gerando uma quantidade maior de lodo. Os dois métodos requerem cálculos da profundidade de leito, o fluxo de água e outros fatores.
Os operadores também devem permitir mudanças sazonais na água, que podem significar lavagem mais frequente e necessária para a eficácia do processo.

Filtragem secundária

Unidades de carvão ativado granulado são mais frequentemente instaladas em estações de tratamento da água após os processos de filtragem convencional ou, após processos como floculação e sedimentação.
Estes filtros de podem também remover substâncias orgânicas e inorgânicas específicas da água, incluindo alguns metais pesados, taninos, subprodutos de desinfecção de água não desejada, toxinas criadas por algas e tri-halometanos.
E então? Nosso artigo te ajudou a compreender melhor a importância do uso do carvão ativado no tratamento da água industrial? Compartilhe sua opinião ou dúvida nos comentários abaixo!

2 thoughts on “Os benefícios do carvão ativado no tratamento da água industrial”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *